in

Você está sempre com fome? O responsável é este ingrediente da sua dieta

Você sente fome o tempo todo? Um estudo diz que este ingrediente é o responsável por essa fome interminável.

Todos sabemos que o sal nos faz ter mais sede, mas novas pesquisas também argumentam que altos níveis de sódio aumentam a fome, levando ao ganho de peso.

O excesso de sal e o aumento de peso

Como parte de dois artigos publicados no Journal of Clinical Investigation, pesquisadores alemães e americanos estudaram a dieta de 10 cosmonautas russos.

Os cosmonautas participaram de programas de simulação de voo de 2009 a 2011 e viveram em um ambiente controlado por meses, o que os tornou uma amostra ideal para pesquisas nutricionais.

Os especialistas procuraram ver o que aconteceria quando reduziram gradualmente a ingestão de sal dos cosmonautas de 12 gramas por dia (dieta russa média) para 6 gramas por dia (conforme recomendado por especialistas).

Acreditava-se que os homens teriam menos sede e beberiam menos água à medida que os níveis de sódio diminuíam. Mas os homens bebiam menos água quando estavam na dieta com alto teor de sal, sugerindo que seus corpos estavam conservando ou produzindo mais água, ao contrário do que se acreditava anteriormente.

Para Jens Titze, professor da Universidade Vanderbilt e autor do estudo, embora os resultados tenham sido inesperados, faz sentido que com uma dieta rica em sal, o corpo aumente o teor de água, causando menos sede.

Mas, além disso, os homens registraram maior sensação de fome quando os níveis de sal eram maiores, apesar de receberem a mesma quantidade de calorias e nutrientes. Pode ser porque o corpo precisa de energia extra para conservar a água. A questão é que a sensação de fome, faz com que comamos em excessos e, assim, ganhemos peso.

Por que devo ter uma dieta com pouco sal?

Para o segundo estudo, os cientistas replicaram as descobertas, mas desta vez em camundongos. E descobriram que os ratos com dietas salgadas tinham mais fome do que aqueles com dietas com pouco sal.

Os especialistas também observaram um aumento nos glicocorticóides, que poderiam predispor as pessoas a outros problemas de saúde, aumentando o risco de diabetes e doenças cardíacas.

É importante estudar mais sobre isso, mas este não é o único estudo a considerar isso, pois em outro estudo, cientistas do Reino Unido analisaram amostras de urina durante 24 horas, calculando a ingestão calórica por quatro dias.

Os resultados revelaram que a presença de sal na urina era maior naqueles com excesso de peso ou obesidade. E ligaram a ingestão de sal ao potencial risco de obesidade.

Embora seja necessário mais pesquisas, reduzir a ingestão de sal é muito importante para a saúde, prevenir doenças e evitar comer demais e ganhar peso.

20 coisas incríveis que o consumo de gengibre pode fazer por seu corpo (emagrece)

4 truques para não ser mais picado por mosquitos