in

3 emoções que produzem gordura abdominal

Sabe aquele barriguinha que insiste em não ir embora? Suas emoções podem estar contribuindo para a permanência e até mesmo com o aumento da mesma.

Emoções como tristeza, solidão ou ansiedade, influenciam em nossa alimentação, pois é uma forma de satisfazer ou acalmar a nossa falta de afeto, já que, simbolicamente, a gordura nos protege contra a agressão externa, diz Larissa Garcia, da Sociedade Psicanalítica Mexicana.

1. Ansiedade

Esse sentimento gera a sensação de mais apetite, de modo que a resposta imediata é cortar entre as refeições e comer alimentos excessivamente gordurosos para conseguir um estado de prazer, diz o estudo “Emoções e excesso de peso: fatores psicológicos da obesidade”.

John Hoebel, pesquisador da Princeton University dos Estados Unidos, explica que a alimentação pode ser uma forma de dependência para aliviar a ansiedade, semelhante à experimentada com heroína ou morfina.

2. Frustração

Seja por motivos pessoais ou profissionais, a frustração afeta a maneira como você come. Diante da necessidade de recuperar o ânimo, nos alimentamos de maneira irracional para acalmar as emoções, explica ainda a pesquisa “Emoções e excesso de peso”.

3. Estresse

A Mailman School of Public Health da Columbia University, Nova York, EUA, confirma que as mulheres com transtorno por estresse pós-traumático têm maior probabilidade de ter excesso de peso ou obesidade.

A relação das emoções com o acúmulo de gordura no abdômen também é explicada porque há alimentos considerados viciantes que nos fazem consumi-los excessivamente e sem parar. Dentre estes, temos o chocolate e os alimentos ricos em gordura.

Esses alimentos produzem endocanabinoides, uma substância semelhante à maconha, que envia um sinal ao cérebro que gera dependência para continuar comendo, confirma uma investigação da Universidade da Califórnia, Estados Unidos.

O prazer que é experimentado com este tipo de dieta efetivamente ajuda a esquecer os problemas e a manter um estado de bem-estar momentâneo que se torna um círculo vicioso para nos evadirmos da dor emocional.

Lembre-se que a ajuda de um especialista sempre será a melhor maneira de aliviar suas emoções.

5 erros que você comete no café da manhã e que te impedem de perder peso